Descubra o que os japoneses comem no café da manhã para viver mais

0
12

Os japoneses costumam comer um alimento no café da manhã que ajuda a aumentar a longevidade e a qualidade de vida. Veja

Japão é o país com a população mais longeva do mundo e, sem dúvidas, a alimentação contribui para isso. O segredo para os japoneses atingirem os 100 anos com uma vitalidade invejável pode estar em um alimento muito consumido no café da manhã: o natto (ou natô).

O natto é um alimento tradicional japonês feito de soja embebida em água fervida ou cozida no vapor. Ele é preparado por meio da fermentação da soja pela bactéria Bacillus subtilis var. Para quem não está acostumado, sua textura viscosa e cheiro forte podem ser chocantes.

Foto colorida de um natto - Metrópoles
Natto

Algumas pessoas, inclusive, comparam o cheiro do natto ao da amônia e a consistência semelhante à do muco, mas é tudo uma questão de acostumar o paladar. Uma pesquisa de 2017 feita pela Nifty revelou que 60% dos japoneses adoram o alimento, enquanto 13% não gostam do sabor.

Benefícios do natto

Pesquisadores da Universidade de Osaka estudaram os efeitos da Bacillus subtilis var em um tipo de verme e descobriram que os parasitas tinham uma expectativa de vida mais longa em comparação com aqueles que eram alimentados com uma dieta padrão.

“Pela primeira vez, fomos capazes de mostrar que a ingestão de Bacillus subtilis var poderia prolongar a vida de Caenorhabditis elegans. Esperamos que futuras experiências com mamíferos e estudos epidemiológicos ajudem a alcançar uma sociedade mais saudável e com vida mais longa”, explicou o professor Nakadai, autor do estudo.

Foto colorida de um natto - Metrópoles
O natto é um alimento tradicional japonês

Os cientistas observaram que os vermes que se alimentaram de natto tiveram uma melhora no controle da insulina e na imunidade. Além disso, eles viram que o alimento aumentava a tolerância ao estresse, o que demonstrou estar correlacionado com a longevidade.

Como comer

Hoje em dia é possível encontrar o natto em lojas especializadas, então não há necessidade de prepará-lo em casa. A maneira mais fácil de comer o alimento é adicioná-lo ao arroz ou aos legumes cozidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui