Início Comunidade No Dia Mundial do Meio Ambiente, Tabosa prestigia início das obras da...

No Dia Mundial do Meio Ambiente, Tabosa prestigia início das obras da Central da Árvore

0
6

Em celebração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, na última quarta-feira, 5 de junho, o vereador Marcos Tabosa (PP) participou, ao lado da prefeita Adriane Lopes (PP), do início das obras da Central da Árvore. Este projeto, realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), visa promover a preservação e o desenvolvimento sustentável de Campo Grande. A Central da Árvore contará com um viveiro, uma estufa para produção de mudas, uma área para recepção de galhos, folhas e troncos de árvores podadas ou removidas, além de uma estrutura para reaproveitamento de material lenhoso e trituração de folhas e galhos para compostagem.

Durante o evento, também foi efetivado o sistema Arbolink, a sistematização totalmente online do Portal Grande Gerador, e a entrega do estudo e revisão do Plano Diretor de Arborização Urbana (PDAU). O sistema Arbolink é uma plataforma digital para gestão da arborização urbana, oferecendo suporte técnico, treinamentos, e manutenção evolutiva. Este sistema representa um passo importante para melhorar a qualidade dos serviços relacionados ao cuidado das árvores urbanas, reduzindo a burocracia e agilizando o atendimento às demandas da população.

Em seu discurso representando a Câmara Municipal, Tabosa destacou a importância da participação do Legislativo na criação de leis e instrumentos que apoiam as ações do Executivo para que Campo Grande continue sendo a cidade mais arborizada do país. “Diante das mudanças climáticas, é necessário preservar nossos recursos naturais e biodiversidade, o que reflete diretamente na qualidade de vida da população”, enfatizou o vereador, ressaltando o uso da tecnologia aliada à sustentabilidade.

Na ocasião, foram apresentados os dados do Projeto de Pesquisa “Floresta Urbana de Campo Grande”, um estudo que subsidiará a revisão e monitoramento do Plano Diretor de Arborização Urbana (PDAU). Este projeto foi realizado por meio de um convênio com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e a Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura (Fapec).

Representando a UFMS, a professora e doutora Camila Aoki apresentou o estudo sobre o novo plano, que se propõe a ser uma ferramenta para os gestores da floresta urbana de Campo Grande, apresentando dados quantitativos e qualitativos inéditos sobre a arborização urbana da cidade. “Este estudo consiste na atualização e monitoramento do Plano Diretor de Arborização Urbana de 2010, oferecendo um diagnóstico atual e dados inéditos sobre a Floresta Urbana de Campo Grande, numa parceria entre a Gestão Pública e a Universidade. Esse convênio visa gerar dados com credibilidade e qualidade para nortear os processos de gestão e manejo da cidade, proporcionando uma melhor qualidade de vida aos moradores,” explicou Aoki.

Palmir Cleverson Franco

Assessoria de Comunicação do Vereador

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui