CONHEÇA NELSON DAISHIRO YOSHIMURA: PRIMEIRO BRASILEIRO A JOGAR NO JAPÃO

0
86
CONHEÇA NELSON DAISHIRO YOSHIMURA: PRIMEIRO BRASILEIRO A JOGAR NO JAPÃO

Quase anônimo para a nova geração, Yoshimura, como era conhecido, fez história no futebol japonês. Saiu do futebol de várzea de São Paulo para se tornar astro no Japão, onde jogou durante 13 anos. Mesmo jogando em liga amadora, ficou conhecido no país por suas técnicas diferentes dos jogadores da época e chamava atenção por suas habilidades e assistências para gol.

INÍCIO DE CARREIRA

Nelson Daishiro Yoshimura nasceu em São Paulo no dia 16 de agosto de 1947. Aprendeu a jogar em Adamantina, interior paulista. Aos 16 anos, mudou-se para a capital onde começou a jogar futebol amador. Yoshimura, filho de japoneses, foi defender o Grêmio Recreativo Tóquio, na Água Branca e conquistou o título do Campeonato Nissei em 1966.

Após essa conquista, ele recebeu uma proposta para jogar na Yanmar Diesel, equipe da empresa japonesa Yanmar, que fabrica de motor a diesel. Contra a sua vontade e a incentivo do pai, foi morar no Japão. Com isso, se tornou o primeiro brasileiro e estrangeiro a jogar no país, sendo o responsável por abrir a migração de jogadores para a Terra do Sol Nascente.

Foto: Reprodução/Japan Soccer Archive

Foto: Reprodução/Japan Soccer Archive

TRAJETÓRIA NO JAPÃO

Uma ano após a sua chegada, Nelson era astro do Yanmar, atualmente o Cerezo Osaka, famoso time da J-League. Na época, o Japão não tinha campeonatos profissionais e nem clubes. Sendo assim, os times eram formados por funcionários de indústrias locais. Três anos se passaram, naturalizou-se japonês, momento em que adotou o Daishiro Yoshimura em seu nome, e passou a ser convocado para Seleção Japonesa. 

Yanmar a conquistou seus primeiros títulos no Torneio do Campeonato da Copa do Imperador de 1968 e, em 1971, na primeira divisão da JSL (Japan Soccer League). Assim, conduziu o time à maior era da sua história, ao todo foram três coroas da Copa do Imperador e quatro títulos da primeira divisão da JSL. Ao longo de sua jornada, jogou 189 partidas da Liga Japonesa de Futebol, marcando 30 gols e registrando 54 assistências.

Yoshimura, Pelé e Marinho na partida de aposentadoria de Kunishige Kamamoto. Foto: Reprodução/Japan Soccer Archive

FIM DA CARREIRA

Nelson se aposentou com um recorde da seleção japonesa de 101 jogos e dez gols. Ele parou de jogar nos anos 80, mas só em 1990 que iniciou a liga profissional no Japão. A partir disso, vários brasileiros incrementaram o futebol japonês. Zico, Rui Ramos, Tita, Wagner Lopes e Alex são exemplos, mas Nelson foi o pioneiro. Por ser amador, não ganhou muito dinheiro e morava em um subúrbio de Kobe, mas construiu família na terra de seus pais.

Yoshimura, apesar de ser pouco conhecido pela nova geração, ajudou no processo de popularização do futebol em território japonês. Quando parou de jogar, continuou sua contribuição para o esporte como treinador e trabalhou duro para apoiar o desenvolvimento do futebol através de treinamento de jovens e buscando talentos da nova geração. Logo após atuar como treinador, de 1981 a 1989, tornou-se gerente da Yanmar entre 1990 e 1994, construiu as bases para o que hoje é conhecido por Cerezo Osaka. Assim, permaneceu como olheiro no clube até falecer, decorrente de um derrame cerebral, no dia 1º de Novembro de 2003 com apenas 56 anos. 

Nelson Yoshimura como treinador do Osaka Football Club. Foto: Reprodução/Japan Soccer Archive

Foto Destaque: Reprodução/Japan Soccer Archive

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui