Olhos de Gato não é apenas mais um filme fofo

0
74
Olhos de Gato não é apenas mais um filme fofo

Yo Minna, Quando vi o lançamento do filme Olhos de Gato, pensei que ele provavelmente seria mais um filme fofinho, que tem gatos, para os amantes dos felinos, mas ele vai além e entrega uma história que envolve também um romance juvenil intenso e um grande suspense.

O filme conta a história de Miyo, uma garota do colegial que vive com o pai e a madrasta, porém a sua vida não é muito alegre, já que ela tem saudades da mãe, que a abandonou. Na escola ela também sofre bastante, já que tem uma paixão não correspondida por Hinode, um garoto que mora com a família, fabricante de cerâmicas.

Miyo todo dia se esforça para se declarar para Hinode, faz gracinha, piadas, se joga no chão e até grita pra ele, mas ele é um rapaz tímido e sempre tenta fugir dessas situações ou ignora Miyo.

Crítica | Olhos de Gato não é apenas mais um filme fofo Coletivo Nerd

Após muitas tentativas frustradas, Miyo conhece um gato misterioso, vendedor de máscaras Noh. Ao receber uma das máscaras, o gato diz que ela poderá se transformar em gata e assim se aproximar de Hinode.

É o que ela faz, Miyo como gata vira Tarou, conseguindo atenção e carinho de Hinode. Sempre após as aulas ela se transforma e corre para a casa de Hinode para passar o seu tempo com ele.

Crítica | Olhos de Gato não é apenas mais um filme fofo Coletivo Nerd

As visitas se tornam frequentes, o sentimento aumenta, mas a cobrança do gato vendedor de máscara também. O trato que o gato faz é transformar humanos em gatos, pegando assim seus rostos e vendendo, por sua vez, para gatos virarem humanos.

Crítica | Olhos de Gato não é apenas mais um filme fofo Coletivo Nerd

Com o passar dos acontecimentos, Miyo tem seus sentimentos descobertos, mas Hinode não lida bem com a situação, acabando por magoar a jovem, que decide virar gata para sempre. Ao virar gata, descobre novos sentimentos de Hinode, os quais ele não conseguia dizer, mas não será fácil virar humana de novo, já que seu rosto está com outra gata.

Como em toda situação complicada, para a solução do problema, é necessário fazer algo mais complicado ainda. A partir desse momento, o suspense começa pra valer, para achar a solução do problema, os acontecimentos começam a ficar intensos.

Ela terá que enfrentar diversos problemas na Ilha dos Gatos para conseguir seu rosto e voltar para Hinode, seu amor.

Crítica | Olhos de Gato não é apenas mais um filme fofo Coletivo Nerd

A mistura da realidade com ficção mostra a evolução que a animação tem no enredo, a grande paixão por gatos pelos japoneses e o universo místico que envolve essa devoção. O cenário apresentado na Ilha dos Gatos é rico em detalhes, mostrando como o desenvolvimento de arte é fantástico.

Os traços da animação são perfeitos, assim como os traços secundários. As cores não causam poluição visual. Pessoalmente, eu considero um anime diferente, mas que usa de vários elementos que já conhecemos em algumas histórias: um romance fofo e adolescente, típico de colegial japonês.

Crítica | Olhos de Gato não é apenas mais um filme fofo Coletivo Nerd

Podemos sentir através de Miyo e Hinode, com seu primeiro amor, as dificuldades de conseguir expressar seus sentimentos, e como o avanço tecnológico tem contribuído para um afastamento dos jovens de seu convívio social e causa cada vez mais, problemas para eles se relacionarem.

Assista aos créditos finais se você quiser saber mais um pouquinho da história!

Se você gostou desse filme e quer ver mais sobre esses animais, adorados pelos japoneses, várias animações já trouxeram os gatos como personagens que marcam a história. Todo fã do Studio Ghibli conhece o filme O Reino dos Gatos, ou outros gatos que são personagens de animes famosos, como Lua e Artemis de Sailor Moon, Yoruichi de Bleach, Meowth do Pokémon, Karin e Bills de Dragon Ball, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui