Buheji Saito, um dos comerciantes mais antigos de Araçatuba, morre aos 105 anos

0
64
Buheji Saito, um dos comerciantes mais antigos de Araçatuba, morre aos 105 anos

Um dos comerciantes mais antigos de Araçatuba, Buheji Saito, morreu ontem (24) aos 105 anos de causas naturais, na casa onde vivia com as filhas e um genro, na rua Torres Homem, no centro de Araçatuba, ao lado do local onde por décadas ele manteve a Casa Saito.

O comércio de Saito era uma tradicional mercearia onde hoje funciona uma loja de produtos japoneses de uma de suas filhas e do genro. Apesar dos 105 anos, ele ainda trabalhava na produção artesanal de espetinhos de bambu, como uma forma de passatempo.

Saito estava lúcido, ficava diariamente na loja da filha e nunca perdeu o costume de interagir com os clientes. Ele era membro do Conselho Superior da Associação Cultural Nipo Brasileira de Araçatuba, onde foi grande colaborador e deixou o seu legado. Atualmente integrava também da associação da terceira idade da Nipo de Araçatuba.

O comerciante recebeu importantes homenagens em vida, como a Comenda Kasato Maru, em 2008, ano em que foi comemorado o centenário da imigração japonesa no Brasil pela Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa, além da Medalha Centenária da Câmara Municipal de Araçatuba.
Saito foi casado com a senhora Harui Saito (in memorian) e juntos tiveram quatro filhas quatro filhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui