Início Comunidade Sob a liderança do vereador e presidente do Sisem, Marcos Tabosa psicólogos...

Sob a liderança do vereador e presidente do Sisem, Marcos Tabosa psicólogos conquistam 30 horas em lei

0
14

O dia 18 de abril de 2024 ficará marcada na história dos psicólogos que atuam no serviço público de Campo Grande como o dia da conquista em lei, aprovada pela Câmara Municipal de Vereadores, o direito de trabalharem com uma carga horária de 30 horas semanais. O placar foi unânime dos vereadores presentes no plenário de 26 x 0, concluindo com louvor o esforço e o trabalho do vereador e presidente do SISEM (Sindicato dos Funcionários e Servidores Públicos de Campo Grande, Marcos Tabosa (PP) que lutou lado a lado com esses profissionais que atendem o cidadão campo-grandense na saúde mental.

Para o vereador Tabosa, a entrega de mais este benefício aos servidores por ele representado mostra a força e a união da categoria em avançar por melhores salários e condições dignas de trabalho no serviço público de Campo Grande. O projeto de lei complementar 922/24, que altera dispositivos da lei complementar 190/11 normatiza a carga horária semanal de 30 horas dos psicólogos da Prefeitura.

“18 de abril marca a realização de um sonho, que sonhamos juntos, pois cada ato, reuniões, assembleias, mobilizações em frente a prefeitura e nas ruas da cidade, além das negociações com o Executivo Municipal trouxe-nos até aqui com a aprovação, em lei, deste desejo de cada profissional que atuam na saúde mental dos moradores de Campo Grande”, lembrou o vereador após consagrar em plenário mais uma importante conquista para os servidores da Capital.

A regulamentação da lei das 30 horas para os psicólogos em Campo Grande é de extrema importância, pois estabelece uma carga horária máxima para esses profissionais, garantindo assim a qualidade dos serviços prestados e também a saúde emocional e física dos próprios psicólogos. “Essa é uma carga horária considerada ideal e com certeza vai melhorar a qualidade dos serviços oferecidos pelo profissional, mas também ajudar na saúde emocional do psicólogo”, festejou Tabosa.

O vereador progressista lembrou ainda que com uma carga horária regulamentada, os psicólogos conseguem ter um melhor equilíbrio entre vida pessoal e profissional, evitando o esgotamento e a exaustão que podem prejudicar não só o seu trabalho, mas também a sua saúde mental. Além disso, a limitação de horas de trabalho contribui para uma maior eficiência e foco durante o atendimento aos pacientes. “Dessa forma, a regulamentação da lei das 30 horas para os psicólogos em Campo Grande é fundamental para garantir um serviço de qualidade, respeitando tanto os profissionais quanto aqueles que buscam ajuda e suporte emocional”, finalizou Marcos Tabosa.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui