Idosa é indiciada por ato de racismo contra estudante descendente de japoneses

0
53
Idosa é indiciada por ato de racismo contra estudante descendente de japoneses
Viagem Inaugural do novo trem do Metrô Rio

A Polícia Civil do Rio concluiu, nesta quarta-feira (15), o inquérito contra uma idosa de 75 anos, indiciada pelos crimes de racismo e injúria por preconceito, após ela ter ofendido uma estudante de ascendência japonesa, dentro de um vagão do metrô, que seguia da Siqueira Campos, em Copacabana, em direção ao Largo da Carioca, no centro da cidade. O caso aconteceu em janeiro deste ano.

Segundo a Polícia Civil, a idosa, em voz alta, proferiu insultos a pessoas de origem oriental alegando relação deles com a disseminação do novo coronavirus e xingou de porca, a jovem Marie Okabayashi, de 23 anos, que estava no interior da composição.

Parte da ação foi filmada pela própria vítima, auxiliando na identificação da autora do crime. Ainda segundo as investigações, a mulher já possuía outras duas passagens pela polícia pelo crime de injúria por preconceito.

“Ao ingressar ela continuou ouvindo esse tipo de ofensas e tentou registrar. Pegou seu celular e registrou um trecho. No memento que ela filma, dá pra se perceber que as pessoas que estão em volta estão desconfortáveis com a situação,” destacou o delegado Gilbert Stivanello, titular da delegacia de crimes raciais e delitos de intolerância (Decradi)

O inquérito agora seguirá para o Ministério Público Estadual.

“No momento em que ela se levanta para deixar o vagão, essa senhora se dirige a ela, e a chama de chinesa porca e fala que ela espalha doenças para as pessoas,” completou o delegado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui