Estes alimentos típicos da cozinha japonesa podem ajudar-nos a viver mais anos

0
64
Estes alimentos típicos da cozinha japonesa podem ajudar-nos a viver mais anos

Um estudo recentemente publicado no British Medical Journal avaliou as dietas de 92915 japoneses considerados saudáveis, entre os 45 e os 74 anos, durante cerca de 15 anos. E as descobertas não poderiam ter sido mais entusiasmantes. Isto, claro, para os amantes da cozinha típica do Japão.

Ora, no geral, aqueles que consumiam regularmente produtos com soja fermentada, viviam mais anos. Isto inclui miso, molho de soja, mas também tempeh ou natto. Mas a investigação não se ficou por aqui: também quiseram saber qual a quantidade necessária para obter os melhores resultados.

No caso dos homens, aqueles que consumiam, pelo menos, 50,2g de soja fermentada por dia tinham menos 10% de probabilidades de morrer nos 14,8 anos seguintes do que aqueles que consumiam menos quantidades destes produtos. Já para as mulheres, estes benefícios eram obtidos com um consumo de 46,6g diárias, no mínimo.

Por si só, o consumo de natto, produto tradicional de aparência semelhante ao feijão e consistência pegajosa, mostrou trazer grandes benefícios à saúde. O estudo descobriu que os homens que consumiam, pelo menos, 26,2g diários, tinham menos 24% de risco de morrer de doença cardiovascular. No caso das mulheres, o mesmo consumo traduzia-se num risco 21% menor, comparado com as mulheres que ingeriam menores quantidades.

Os autores do estudo sugeriram que os resultados poderiam ficar a dever-se ao elevado teor de fibra dos produtos de soja fermentada, bem como ao facto de serem ricos em potássio. Ainda assim, referiram ser necessários mais estudos para estabelecer um padrão de causa-efeito concreto, já que outros fatores podem ter influenciado as descobertas da investigação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui