Jardins japoneses: como fazer uma composição paisagística nesse estilo

0
79
Jardins japoneses: como fazer uma composição paisagística nesse estilo

Os jardins japoneses são locais de paz e encontro com a natureza. Além disso, a imitação da natureza está atrelada à eles de várias formas. Portanto, veja como você pode fazer uma composição paisagística nesse estilo aqui, hoje, dia 27 de dezembro.

O jardim japonês tem elementos característicos. Além disso, a aplicação de elementos paisagísticos como a água, pedras, dentre outros, é feita de uma maneira específica. Por isso, tudo será detalhado abaixo pelo Vida de Casa!

Jardins-japoneses-como-fazer-uma-composicao-paisagistica-nesse-estilo-reproducao-pexels
Jardins japoneses: como fazer uma composição paisagística nesse estilo

O jardim japonês tem elementos como água, o bambu e a folhagem vermelha, que estão sempre presentes. Para que você possa conhecê-los melhor, veja abaixo cada elemento que deve estar presente e como utilizá-los:

A água nos jardins japoneses

A água sempre está presente no jardim japonês em formas sinuosas, para que lembrem o aspecto delas na natureza. Dessa maneira, colocar algumas pedras ao redor dos canais aquosos é uma boa ideia para dar mais realismo à essa imitação. Contudo, varie o tamanho das pedras para que pareçam mais naturais.

Folhagem vermelha

O vermelho é uma cor sempre presente nos jardins japoneses. Ele está principalmente nas folhagens das plantas, mas não somente nelas! Com frequência, vemos essa cor pintando os elementos não naturais dos jardins, como pontes ou lanternas.

Pontos de observação

Em todos os jardins japoneses encontram-se pontos naturais para observação da paisagem. Pode ser em cima de rochas, ou mesmo um espaço grande de grama perto da água. O importante é reservar um ambiente em que se possa enxergar a principal paisagem criada no jardim.

Você também pode gostar: Cuidados que você deve tomar na hora de plantar qualquer planta

Lanternas e outros elementos

Lanternas japonesas têm um significado próprio dentro da cultura japonesa, de acordo com o número de seus andares. Contudo, estão sempre presentes nos jardins japoneses em maior, ou menor número.

Outro elemento sempre presente nestes jardins é o bambu! Tanto em sua forma natural, plantado, como em elementos construtivos, como cercas e escadas. Além disso, um elemento muito comum em jardins japoneses maiores é a ponte.

Areia nos jardins japoneses

Todo mundo conhece o Jardin-Zen. Aquele pequeno recipiente contendo areia, que pode ser mexida com um mini rastelo. Ele é inspirado nos jardins japoneses antigos feitos em locais onde não havia água. A areia era espalhada pelo local, para imitar a água, e mexida com rastelos.

Portanto, utilizar a areia é uma boa opção para quem não quer gastar fazendo espelhos d’água ou pequenas lagoas. Para saber mais sobre jardim japonês, assista ao vídeo abaixo, retirado do canal 123 Japonês, do Youtube:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui