AECNB realiza evento cultural para celebrar os 114 anos da imigração japonesa no Brasil

0
67
AECNB realiza evento cultural para celebrar os 114 anos da imigração japonesa no Brasil

A AECNB (Associação Esportiva e Cultural Nipo-Brasileira de Campo Grande) realiza neste sábado, dia 18 de junho na sede campo, localizada na Avenida Ministro João Arinos, 140 – saída para Três Lagoas, um grande evento cultural para celebrar os 114 anos da imigração japonesa no Brasil.

A programação contará com exposições, shows artísticos, Miss Nikkey, entre outros eventos tudo regado à rica gastronomia oriental com praça de alimentação e muito mais. Esta celebração será uma pequena mostra do que vai acontecer no 2º Festival do Japão, evento que será realizado entre os dias 18 e 20 de novembro deste ano.

Para iniciar as comemorações a diretoria da AECNB vai realizar um culto ecumênico em memória à luta dos antepassados na construção deste legado que é celebrado nestes 114 anos da imigração. Em seguida haverá atividades de mangá e cosplay. Por volta das 18h iniciará as atividades culturais com exposição artística de quimonos, espadas de Samurai, ikebana, bonsai, origami, arranjos florais, entre outras atividades que celebrar a cultura nipo-brasileira.

Além de celebrar os 114 anos da imigração japonesa no Brasil, a Associação Esportiva e Cultural Nipo-Brasileira de Campo Grande está comemorando 103 anos de existência, atuando decisivamente na construção social, política e cultural do estado. A entrada é franca e não será cobrado estacionamento.

O Dia da Imigração Japonesa ou Dia Nacional da Imigração Japonesa é comemorado em 18 de junho. Oficialmente, o Dia Nacional da Imigração Japonesa foi instituído no Brasil através da Lei nº 11.142, de 25 de julho de 2005.

O dia 18 de junho foi escolhido porque foi a data na qual o primeiro navio aportou ao Brasil com imigrantes japoneses, no porto de Santos, em São Paulo, em 1908.

O navio Kasato Maru trouxe 165 famílias que vieram para trabalhar nos cafezais, outros na exploração de borracha na Amazônia ou nas plantações de pimenta no Pará, que eles próprios trouxeram. Calcula-se que 2 milhões de japoneses e seus descendentes vivam no país e destes 1,3 milhões estejam no estado de São Paulo. Considerada a terceira mais colônia de descendentes de japoneses no Brasil, Mato Grosso do Sul possui mais de 40 mil descendentes e com sua rica cultura e estilo de vida vem sendo fundamental na construção da identidade do estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui