Início Comunidade 36º Bon Odori – Sucesso de público e animação

36º Bon Odori – Sucesso de público e animação

0
162
36º Bon Odori - Sucesso de público e animação

Foi um grande sucesso a realização da 36ª edição do Bon Odori, realizado nos dias 20 e 21 na sede campo da Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileira de Campo Grande, presidida pelo esforçado e competente Nilson Aguena e sua comprometida diretoria.

Após dois anos sem poder se encontrar e confraternizar através deste evento de grande importância social e cultural dos nipo-brasileiros de Mato Grosso do Sul por conta da pandemia da Covid-19, finalmente este ano tudo contribuiu para que a festa alcançasse um grande sucesso de público e animação.

Sob a coordenação de Bernardo Tibana, um batalhão de abnegados voluntários colocou seu tempo e talento à disposição do evento, demonstrando toda a preocupação e comprometimento na continuidade dos costumes e das tradições de seus descendentes fora do Japão.

A saudade de estar juntos, celebrar a vida e agradecer os esforços dos antepassados tornou o evento ainda mais especial. Foram dois dias de festa com música, comidas típicas como sobá e o sushi, além das danças ao som dos tambores típicos japoneses (taiko), das flautas de bambu (fue) e do canto em estilo min’yo, entre luminárias e cerejeiras artificiais, carinhosamente decorada, atraindo mais frequentadores a cada ano, aproximando ainda mais o ocidental da cultura do Oriente.

O Obon é uma tradicional festividade japonesa que tem sua origem no Budismo. A festa simboliza gratidão pela boa colheita e celebra as almas dos antepassados através da dança que consiste em movimentos delicados e simples com cinco gestos básicos: colher, ceifar, semear, agradecer e festejar. Criado há 36 anos pelos imigrantes japoneses da Capital, por influência do então deputado estadual Akira Otsubo, a festa encanta os descendentes de japoneses e principalmente os brasileiros, que durante os dois dias de festa lotaram a sede campo da Associação Esportiva e Cultural Nipo Brasileiro superando todas as expectativas da diretoria de um grande público.

Animados pela banda do Ideo Matsunaga composto por 12 integrantes, todos pratas da casa, diferente dos anos anteriores em que era preciso importar cantores e músicos de Andradina-SP para animar a festa, agora nossos talentos musicais estão à disposição para atender a grande demanda de eventos desta natureza em todo o Brasil.

Como se dança Bon Odori?

Bon odori é um tipo de dança folclórica performada durante o Festival Obon. Ela era, originalmente, uma dança de boas vindas aos espíritos dos mortos. Essa dança e a música que acompanha são de diferentes regiões do Japão. Normalmente, a dança bon envolve pessoas dançando ao redor de uma yagura, um andaime alto feito de madeira. As pessoas se movem em sentido horário ou anti-horário, para longe e para perto da yagura. Algumas vezes eles intercalam as direções.

Os movimentos e gestos da dança bon costumam mostrar a história, trabalho e geografia da região. Por exemplo, tank? bushi é uma mina de carvão com origem em Miike Mine, em Kyushu, e os movimentos na dança imitam a escavação, empurro de carrinhos e lanternas. Soran bushi é uma celeuma, e os movimentos de sua dança mostram o arrasto de redes e içamento de bagagens. Danças Bon podem fazer uso de utensílios, como leques, toalhas e badalos de mão feitos de madeira. Para hanagasa odori, os dançarinos usam chapéus de palha decorados com flores.

O Bon Odori é um festival que ocorre anualmente durante o verão entre julho e gosto, no Japão, sempre após o pôr do sol, pois prevalece a crença de que os espíritos somente saem durante a noite. Eventos como este reforçam a identidade cultural dos imigrantes japoneses e também mostra para toda a comunidade a importância da diversidade cultural. Promove também conhecimento aos jovens descendentes a sua cultural ancestral e milenar.

Por ser um evento que faz parte dos festejos do aniversário de Campo Grande, que ocorre no dia 26 de agosto, o Bon Odori tem a sua realização com ajuda do Governo do Estado e da Prefeitura Municipal e de inúmeros parceiros comerciais que vê na comunidade nipo-brasileira um povo sério e comprometido com suas tradições.

Por ser também um ano eleitoral, é uma importante oportunidade para os candidatos comparecerem ao evento, conversar com a comunidade e suas lideranças marcando posições e fazendo compromissos, manifestando apoio e apresso de continuidade às tradições japonesas em Mato Grosso do Sul.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui