Suga tem nome oficializado para ser primeiro-ministro do Japão

0
71
Suga tem nome oficializado para ser primeiro-ministro do Japão

O Japão, país que vai sediar a próxima edição de Jogos Olímpicos, deve ter Yoshihide Suga como primeiro-ministro. Se confirmado, terá que lidar com os efeitos da pandemia e os gastos do adiamento de Tóquio-2020. Enquanto isso, as fronteiras nipônicas são abertas para atletas estrangeiros.

O ex-primeiro-ministro Shinzo Abe renunciou ao cargo por motivos de doença, em meio à críticas sobre sua gestão durante a pandemia e gastos excessivos com a preparação para Tóquio-2020.

Suga, 71 anos, era o chefe de gabinete de Abe e teve o nome oficializado pelo PLD (Partido Liberal Democrata) para a sucessão. Conseguiu ampla maioria, segundo a “Kyodo News”. Ele recebeu 377 votos, contra 89 de Fumio Kishida e 68 de Shigeru Ishiba.

Para ser confirmado, precisa ainda ser referendado pelo parlamento daquele país “É importante reconstruir a economia e, ao mesmo tempo, conter o coronavírus. Vou criar um gabinete que sirva às pessoas”, disse ao tomar posse.

japão primeiro-ministro
Shinzo Abe renunciou ao cargo de primeiro-ministro do Japão (Foto: Twitter/AbeShinzo)

Sobre a realização dos Jogos em 2021, o provável novo primeiro-ministro não disse nenhuma palavra, mas certamente será questionado em breve sobre os gastos governamentais.

Fronteiras abertas

O governo do Japão decidiu na sexta-feira (11) que atletas estrangeiros terão sua entrada no país liberada. Segundo a “Kyodo News”, a medida foi adotada para que o treinamento dos atletas japoneses não seja prejudicado, ainda mais pensando no sucesso deles na Tóquio-2020.

Ligas japonesas de basquete, vôlei, tênis de mesa e de golfe contam com a presença massiva de estrangeiros. Sem eles, os eventos que retornam em outubro ficariam esvaziados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui