Bon Odori será realizado em versão drive-in, em Goiânia

0
41
Bon Odori será realizado em versão drive-in, em Goiânia

Gastronomia, música e costumes. Os fãs da cultura da terra do sol nascente têm encontro marcado hoje e amanhã, às 19h30, na 18ª edição do festival Bon Odori, em Goiânia. Por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus, o tradicional evento da comunidade japonesa será realizado em formato drive-in no Clube Kaikan, no Conjunto Itatiaia, com capacidade para até 220 carros nos dois dias de festa (110 por dia). A organização é da Associação Nipo-Brasileira de Goiás. Os ingressos são limitados e custam R$ 220 por veículo.

Dentro dos carros, os fãs vão acompanhar apresentações dos grupos Taiko Kyoushin Daiko, da Associação Nipo-Brasileira de Goiás, e do Yuugen Group, de São Paulo, que reconta passagens da história da imigração japonesa no País por meio do canto e da dança. O espetáculo é produzido por Fábio Toma e os artistas Sérgio Tanigawa, Takeshi Nishimura, Isa Toyota e Paula Hirama. Os shows serão realizados em um palco de 60 metros quadrados e as imagens vão ser projetadas em um telão de 108 metros quadrados.

Já os pratos típicos, como yakisoba, tempurá de legumes, hot filadelfia, sushi, sashimi e bebidas, serão levados aos veículos por uma equipe de voluntários, que estarão utilizando máscara, luvas e viseira transparente de proteção. Além disso, em situação presencial, não serão envolvidas pessoas do grupo de risco na organização. Quem ficou em casa também pode acompanhar tudo. A festa terá transmissão ao vivo nas redes sociais do Kaikan e da Embaixada do Japão no Brasil, sob a coordenação do produtor Anselmo Troncoso.

Uma série de medidas de segurança será exigida em combate ao novo coronavírus, como o uso de máscaras e a saída do automóvel será permitida apenas para ir ao banheiro. O local possui estrutura para um público de até 4 mil pessoas, o que no formato drive-in evitará filas. Na entrada do evento, serão utilizados medidores de temperatura e disponibilizado álcool em gel 70% para os fãs da festa e aos colaboradores. Entre os veículos, haverá espaço mínimo de 1,5 metro na lateral, 4 metros à frente e 4 metros ao fundo.

Apesar de ter sido aberto ao público em geral há apenas 18 anos, o festival é realizado em Goiás desde os primórdios da instalação da comunidade japonesa em Goiânia, no final da década de 1940. Com caráter anual, no final de agosto, o Bon Odori leva cerca de 5 mil pessoas para o Clube Kaikan. A ANBG, entidade sem fins lucrativos fundada em 1956 e que organiza o evento, congrega japoneses e descendentes de mais de 500 famílias residentes na capital. Goiás recebeu os primeiros imigrantes há cerca de 85 anos, em Nerópolis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui