Em sessão solene, vereador Tabosa homenageia assistentes sociais

0
66

Em noite de gala e de muita alegria na Câmara Municipal na noite do dia 10, animada pela banda da Guarda Civil Metropolitana, em comemoração ao Dia Municipal do Assistente Social, o vereador Marcos Tabosa (PDT) homenageou com a Medalha “Dra Mariluce Bittar” Patrícia Freitas de Souza  e Gisele dos Santos em reconhecimento as brilhantes atuações no serviço social de Campo Grande. Essa honraria é um reconhecimento justo e significativo pelo empenho e dedicação dessas profissionais em seu campo de atuação.

A criação da data e da comenda, por meio das Resoluções 1.138/11 e 1.227/16, e pela Lei Municipal 4.993/11, destaca a importância do serviço social e reafirma o compromisso da cidade em valorizar e reconhecer os profissionais que trabalham nessa área.

Para o vereador Tabosa, é um momento oportuno para enaltecer o trabalho dos assistentes sociais, que atuam diariamente em diferentes áreas, como assistência à saúde, educação, assistência social, justiça e outras, contribuindo para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

O serviço social desempenha um papel essencial na vida de uma cidade, pois é responsável por promover o bem-estar social e a igualdade de oportunidades para todos os seus habitantes. O trabalho dos profissionais de serviço social visa enfrentar e solucionar problemas sociais, ajudando indivíduos, famílias e comunidades a superarem dificuldades e melhorarem suas condições de vida.

Ao discursar em nome dos homenageados, a assistente social Marcia da Silva Nogueira, falou dos desafios enfrentados pelos profissionais atualmente e lembrou que em 2023 completa 30 anos desde que foi regulamentada a profissão no Brasil. Neste período houve grandes avanços nesta área, mas que há muito o que conquistar para atender a população com qualidade. O Brasil hoje é o segundo país no mundo com o maior número de assistentes sociais e que momentos como esses fazem valer a pena a escolha por essa profissão.

Patrícia Freitas de Souza

É impressionante ver o currículo acadêmico e profissional da assistente social Patrícia. Sua formação na Universidade Católica Dom Bosco, com bacharelado em Serviço Social, e sua pós-graduação em Especialização em Serviço Social pela FIOCRUZ, com ênfase em Políticas Sociais pelo CESUR/ANHANGUERA, demonstram seu comprometimento em adquirir conhecimentos e habilidades para atuar de forma competente na área.

Além disso, as características pessoais mencionadas sobre Patrícia – ética, fluência verbal, empatia, exímia redação e habilidade argumentativa – são atributos valiosos para um assistente social. Essas habilidades comunicativas, aliadas à ética profissional, são fundamentais para estabelecer uma relação de confiança com os indivíduos atendidos e para desenvolver intervenções eficazes.

A fluência verbal e a habilidade argumentativa são importantes para transmitir informações de forma clara e persuasiva, defendendo os direitos e interesses dos usuários dos serviços sociais. A empatia é uma qualidade essencial para compreender e se colocar no lugar do outro, facilitando a identificação das necessidades e a busca por soluções adequadas.

Além disso, a exímia redação evidencia a capacidade de Patrícia em expressar-se por escrito de maneira precisa e coerente, o que é valioso para a elaboração de relatórios, pareceres técnicos e documentos relevantes na prática do serviço social.

Com todas essas qualidades, Patrícia certamente se destaca como uma profissional comprometida, capacitada e preparada para oferecer um atendimento de qualidade, contribuindo para o fortalecimento do serviço social e para o bem-estar daqueles que buscam seus serviços.

Gisele Dos Santos 

É admirável ver a formação e a trajetória profissional da assistente social Gisele. Sua graduação em Serviço Social pela Uniderp-Anhanguera e pós-graduação em Políticas Sociais e Gestão Única de Assistência Social-Suas demonstram seu compromisso em adquirir conhecimentos especializados na área.

O fato de ser concursada na prefeitura desde 2017 mostra sua dedicação e comprometimento com o serviço público. Sua atuação como Técnica de Nível Superior na Gerência de Proteção Social Básica é um exemplo de como ela está envolvida diretamente na implementação e coordenação de políticas sociais voltadas para o bem-estar da população.

Além disso, seu envolvimento no Terceiro Setor, como Assistente Social em uma Organização da Sociedade Civil (OSC) que atende migrantes, estrangeiros e apátridas, demonstra sua atuação ampla e abrangente na defesa dos direitos e proteção desses grupos vulneráveis. O trabalho de garantir seus direitos e proteção em solo brasileiro é de extrema importância, e Gisele desempenha um papel crucial nessa área.

É notável a dedicação de Gisele tanto no setor público quanto no Terceiro Setor, evidenciando seu compromisso com a promoção da justiça social, da igualdade de direitos e da inclusão social. Seu trabalho é essencial para garantir que as pessoas mais vulneráveis da sociedade tenham acesso a serviços e apoio necessários para uma vida digna.

“Parabenizo as assistentes sociais Patrícia e Gisele por suas formações, atuações profissionais e por seus empenhos em contribuir para o desenvolvimento social de Campo Grande. Que o trabalho de ambas profissionais continuem a impactar positivamente a vida daqueles que elas atendem e inspirem outros profissionais a seguirem seu exemplo”, finalizou Tabosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui