Por proposição do vereador Marcos Tabosa, Câmara Municipal homenageia ACS e ACE em sessão solene

0
57

A sessão solene de outorga da Medalha do Mérito Legislativo “Ruth Brilhante” em comemoração ao Dia dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemia foi realizada na noite desta quarta-feira, dia 14. O evento foi proposto pelo vereador Tabosa (PDT), que também é o presidente do SISEM (Sindicato dos Funcionários e Servidores de Campo Grande), em reconhecimento à contribuição excepcional desses profissionais para o desenvolvimento da saúde na cidade.

A medalha foi concedida aos agentes que possuem mais de quatro anos de efetivo exercício da profissão e que se destacaram no desempenho de suas funções. Essa comenda é um reconhecimento tanto da população quanto da Câmara Municipal de Campo Grande pelo trabalho desses agentes, que atuam há mais de duas décadas na cidade.

O vereador Tabosa, proponente da sessão, destacou a importância dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, ressaltando que eles desempenham um papel fundamental no cuidado da população. “Esses profissionais entram nas casas das pessoas, fornecem orientações, direcionam para os atendimentos necessários e cuidam da comunidade de maneira próxima e atenciosa. A realização da sessão solene e a concessão da medalha são formas de retribuir e homenagear o trabalho desses agentes”, reconhece o vereador Tabosa.

Eleito a uma cadeira da Câmara Municipal em 2022 pelos servidores municipais, o vereador Tabosa ressalta que essa homenagem é de extrema importância para os agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemia, pois reconhece os anos de luta e dedicação dessa categoria. A oportunidade de serem os primeiros a receberem essa honraria em uma capital do país é muito gratificante para eles.

“Essa homenagem também proporciona uma maior visibilidade para a categoria, permitindo que a população compreenda melhor o papel desempenhado pelos agentes. Eles levam saúde e bem-estar para a comunidade, muitas vezes atuando além do que está apenas no papel. Suas visitas às casas dos cidadãos levam informações e orientações importantes para a promoção da saúde, demonstrando a abrangência e a relevância de seu trabalho”, enaltece Tabosa.

Coube ao vereador Tabosa e sua equipe a difícil missão de apontar seus homenageados nesta primeira sessão solene alusivas a comemoração dos ACS e ACE em Campo Grande, pois ele conhece todos os profissionais e sabe do valor que cada um tem para a cidade. Ao fim do processo de escolha, surgiram os nomes dos ACS e ACE Joana D´Arc da Silva, Marlei Carvalho, Renato Reis Paz, Jusley Moura dos Santos e Marêssa Gomes Amendola.

MAS QUEM FOI RUTH BRILHANTE?

Ruth Brilhante de Souza, ou simplesmente Ruth Brilhante, nasceu em Goiânia, em 5 de outubro de 1958, se tornou Agente Comunitária de Saúde em 1994, chegando a ser presidente e depois vice-presidente da Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde (CONACS). Ruth foi quem conduziu a categoria por 22 anos, durante sua gestão foi conquistada a Lei do Piso em 2014, sempre defendeu valentemente os interesses da categoria

Em reconhecimento ao seu legado de luta, a lei 11.350 de 2006 que define as atribuições profissionais dos agentes comunitários de saúde e dos agentes de combate às endemias, é denominada como Lei Ruth Brilhante. “Ela nos deixou um legado, nos ensinando a ser uma liderança. Ela sempre dizia que a união faz a força. Quando pensei em uma homenagem para a categoria dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combates a Endemias, não poderia pensar em outro nome, senão Ruth Brilhante para essa medalha”, finaliza o vereador Tabosa que conviveu com ela algum tempo antes de sua morte em 03 de maio de 2017, tornando-se um dos maiores símbolos dos agentes de saúde da atualidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui